Inadimplência No Condomínio

Inadimplência no Condomínio – Como lidar com este desafio?

Se você é síndico e está tendo dores de cabeça com os constantes desafios financeiros gerados pela Inadimplência no Condomínio, fique ciente de que não é o único a sofrer com este tipo de problema. Esse, infelizmente é um problema que afeta todos os condomínios e que está piorando graças a crise econômica pelo qual o país está passando no momento.

Mas, só porque esse problema afeta a maioria dos condomínios, isso não quer dizer que ele seja algo fácil de lidar, não é? A inadimplência no condomínio é um assunto muito delicado que deve ser abordado com cuidado.

Quanto mais moradores ficam em débito com o condomínio, maiores são os desafios que o síndico precisa enfrentar para conseguir manter uma gestão equilibrada e todos os serviços do local em bom funcionamento. Os problemas triplicam, causando uma dor de cabeça geral.

Para que o condomínio se mantenha com uma boa saúde financeira, é indispensável que seus problemas com a inadimplência sejam solucionados. Uma opção muito conhecida é a ação judicial, mas o síndico ainda pode optar por outras opções, que não gerem tanta burocracia e grandes agravantes da situação.

Afinal, como lidar com a inadimplência no condomínio?

Não prolongue a cobrança 

Um síndico que consegue se manter sempre muito atento ao seu fluxo de caixa e ficar ciente das contas do condomínio, sabe exatamente onde é que começa a inadimplência. Dessa forma, é possível ver de onde vem o atraso no pagamento.

Não enrole muito para fazer a cobrança ou isso pode acabar parecendo para o morador como um estímulo a uma nova dívida e isso ganha proporções gigantescas. Converse com sua administradora de condomínio como proceder para diminuir o prazo de cobrança dos valores devidos pelos condôminos.

Torne o pagamento mais fácil

Planeje, juntamente com sua administradora, ações onde o pagamento possa ser facilitado, pois assim a possibilidade de se evitar a inadimplência no condomínio é bem maior. Uma opção muito boa é o oferecimento de descontos para quem fizer o pagamento da conta em débito automático.

Nessa modalidade, o pagamento já é realizado de forma automática no banco, prevenindo os atrasos.

Se o pagamento não for realizado, procure um jeito de conseguir a segunda via do boleto.

Porém, para os moradores que já se encontram em débito, a solução é estudar cada caso em particular e depois ver quais são as possibilidades que estão ao alcance do condomínio.

O mais importante aqui, é que você consiga achar soluções que resolvam o quanto antes a situação do condomínio.

Conscientize os moradores 

A inadimplência no condomínio é um veneno para as reservas disponíveis no residencial e ela faz com que seja impossível realizar diversas reformas e melhorias.

Se o seu condomínio está precisando de instalações de um playground, obras nas áreas de lazer e de algumas manutenções, por exemplo, procure expor tudo isso aos seus moradores, frisando bem que nada disso poderá ser feito por causa da falta de receita.

Fazer com que seus moradores se conscientizem, através de uma prestação de contas transparente, faz com que fique claro a forma como o dinheiro é gasto e como a falta de pagamento causa danos a todos os moradores.

Não exponha o morador inadimplente 

De maneira alguma o morador que está em dívida deve ser abordado de uma maneira agressiva, grosseira ou impaciente. E, de forma alguma, seu nome deve ser exposto, pois isso só gera um sentimento de humilhação e o faz se sentir moralmente agredido.

Durante as reuniões de condomínio, não faça levantamento dos nomes dos moradores que se encontram em débito e também não mencione isso com os outros.

Procure fazer a cobrança de um modo mais amigável e também impessoal, como por exemplo, por e-mail ou carta.

Não faça cobranças de modo muito insistente e tome cuidado com a forma como irá abordar a pessoa inadimplente, porque se fizer isso de uma maneira errada, pode acarretar até em uma ação judicial por danos morais.

Agora que você já tem ciência de algumas ações sobre o que fazer em caso de inadimplência no condomínio, que tal colocá-las em prática? Se precisar de auxílio na organização financeira do condomínio, bem como, modelos de cobrança, fluxo de caixa,dentre outros desafios importantes na gestão eficiente de um condomínio, entre em contato conosco. Podemos lhe ajudar neste sentido!

Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *