Fique Atento Ao Terceirizar Serviços Em Seu Condomínio

Fique atento ao terceirizar serviços em seu condomínio

A rotina de um síndico é cheia de imprevistos. Em outras palavras, sempre há um problema a ser resolvido. E esse dia a dia pode se tornar ainda mais agitado, com consequências para ele e os moradores do condomínio, se cuidados bem básicos não forem observados. A contratação de pessoal para segurança e limpeza está no topo das prioridades e, também, da eventual dor de cabeça. Por isso, cada vez mais a saída é recorrer à terceirização. E aí surge outra questão: como contratar adequadamente e ter a certeza de que você está colocando para dentro do seu prédio um prestador de serviços sério? ‘‘Se a empresa não tem estrutura, o condomínio pode ser responsabilizado’’, alerta o advogado Carlos Eduardo Mainardi, com mais de duas décadas de experiência na área.

A sugestão é estudar bem o histórico da eventual contratada para ter a certeza de estar escolhendo uma parceira sólida. ‘‘Nestes 25 anos, vi empresas sumirem e o tomador de serviços ficar pendurado com a conta.’’ Mainardi explica que a maior preocupação dos gestores é com eventuais consequências na Justiça do Trabalho. E ele alerta: não há como afastar o condomínio de eventuais ações trabalhistas. Há responsabilidade subsidiária consolidada nos tribunais. Ou seja, existe determinação legal prevendo isso e o condomínio pode acabar arcando com eventuais indenizações. ‘‘Por isso a importância de contratar empresas sólidas. O síndico precisa se preocupar com o parceiro que ele está contratando e verificar se as leis trabalhistas estão sendo cumpridas.’’, salienta.

Feita uma boa escolha, tudo se torna bem mais prático. Se o trabalhador saiu em férias ou precisou faltar por qualquer motivo, uma empresa estruturada obviamente dispõe de equipe reserva para substituição imediata. ‘‘A terceirização veio para facilitar a vida desse gestor de condomínio. Ele vai cuidar do caixa, das melhorias, etc, mas a mão de obra ele terceiriza, passando para uma empresa especializada.’’

No caso da STV Segurança, a relação transparente com os gestores de condomínios é prioridade. ‘‘Todos os síndicos têm acesso direto ao líder que fica responsável pelo setor de portaria, os nossos sistemas geram relatórios que o síndico pode gerar ele mesmo através do nosso aplicativo e também dispomos, no site, de um campo onde os clientes podem baixar documentos sem ter que solicitar para a empresa, sem burocracia’’, destaca Emerson Rocha, gestor de Negócios da STV.

Também temos como fazer programações em alguns sistemas para que enviem para o e-mail do síndico relatórios que eles ache necessário. No nosso aplicativo o síndico pode fazer o gerenciamento de todo o condomínio.
Fonte: JornalNH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *