CONDOMINIOS SE ORGANIZAM PARA CONTORNAR AUMENTO DA INADIMPLENCIA NA PANDEMIA – POST (1)

Condomínios se organizam para contornar aumento da inadimplência na pandemia

O aumento da inadimplência é uma das preocupações dos administradores de condomínios, desde os síndicos até as empresas especializadas na administração profissional. O que vinha sendo sempre levado com jogo de cintura agora preocupa mais por causa da pandemia de coronavírus (covid-19). Desde a mais recente atualização do Código Civil brasileiro, em vigor desde 2003, que fez despencar as multas e os juros cobrados de taxas condominiais em atraso – o adicional da cobrança era de 20% e passou a ser de 2% com a nova lei, paranaenses com dívidas de condomínio passaram a se tornar cada vez mais frequentes, cenário que ficou ainda mais presente desde março do ano passado.

Apesar das características diferentes de cada região, as percepções entre elas são bastante parecidas. Dentro de sua área de atuação em Ponta Grossa, o diretor da Ronchi Condomínios, Bruno Ronchi, viu a inadimplência crescer entre 15% e 20%, quando comparados os dados de abril deste ano com o mesmo mês de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *