Despesas Em Condomínios

4 maneiras de reduzir as despesas em condomínios

Em tempos de crise econômica e desemprego em alta, é preciso, mais do que nunca, considerar a redução de gastos. É aí que entra a redução de despesas em condomínios.

A inadimplência está diretamente ligada ao uso indiscriminado de recursos que, se economizados, podem fazer a diferença no bolso do condômino. A verdade é que, ainda que inevitavelmente vá acontecer, ninguém busca a inadimplência por conta própria.

Por isso, explorar maneiras de reduzir as despesas em condomínios podem trazer benefícios que vão além da economia, ajudando a trabalhar na prevenção de possíveis inadimplências.

1 – REDUÇÃO DE DESPESAS EM CONDOMÍNIOS COM A ECOLOGIA

Uma das formas de economia que mais trazem benefícios é aquela que respeita o meio-ambiente. A redução de despesas em condomínios com a ecologia não só poupa recursos naturais, mas pode impactar no bolso do condômino e, consequentemente, refletir de forma positiva nas contas do condomínio.

Como fazer? Basta seguir alguns passos:

  • Reduzindo as despesas com a água

Apesar de hoje parecer algo rotineiro, a otimização do uso da água não acontece de forma efetiva em todos os lugares. Para isso, é preciso entender que a água da chuva pode ser coletada, tratada e reutilizada. Invista em um sistema de captação que seja adequado à realidade do condomínio e entenda como funcionam as chuvas da região. A água de reuso pode ser aplicada em banhos, lavagem de roupas e ao regar jardins, por exemplo.

  • O sol é seu aliado

Utilizar a iluminação natural é essencial. Durante o dia, é possível aproveitar a luz solar para a realização das tarefas. Invista na comunicação e instrua os condôminos a fazerem uso da luz do sol em períodos de maior iluminação. Deixe claro o quanto realizar essas ações pode ser benéfico para os moradores. É possível, ainda, investir na captação de energia solar através de painéis fotovoltaicos (aqueles painéis solares pretos).

2 – A TECNOLOGIA A SEU DISPOR

A tecnologia é incorporada, cada vez mais, em todas as áreas do mercado. Com isso em mente, é possível incorporar a tecnologia no seu condomínio para promover segurança e economia.

  • Portaria Remota

É um instrumento que auxilia na redução de gastos, pois, através da sua implantação, é possível economizar com salários, já que todo o serviço de portaria pode ser realizado de forma remota. Todas as funções que um porteiro comum realiza são realizadas normalmente e o acesso dos moradores acontece, geralmente, por biometria.

Além de promover uma considerável redução de despesas em um condomínio, também proporciona maior segurança para o profissional de portaria, que não precisa ficar exposto.

  • Lâmpadas inteligentes

Extremamente comuns, as lâmpadas que funcionam com sensores de proximidade são necessárias para todo condomínio que deseje reduzir as despesas. Onde não for possível implantar a tecnologia, opte por utilizar lâmpadas de LED.

  • Elevadores inteligentes

Investir em um sistema eficaz para chamar os elevadores é essencial. Primeiro, porque agiliza o deslocamento dos condôminos. Segundo porque, por chamar o elevador mais próximo, economiza energia.

3 – A ‘NOVA’ LEI DO CONDOMÍNIO

O Código de Processo Civil (Lei nº 13.105/2015) mudou as regras sobre como lidar com a inadimplência dos condôminos. Agora, a cobrança é imediata e mais agressiva, podendo acarretar na penhora do apartamento e dos bens do morador inadimplente.

Com isso, é possível trabalhar na conscientização da importância de manter as contas do condomínio em dia e evitar problemas. Invista na comunicação e desenvolva uma relação de transparência entre a administração do condomínio e os moradores. Assim, são reduzidas as chances de haver inadimplência.

Leia mais sobre a nova lei do condomínio.

4 – A CONTABILIDADE

A contabilidade é uma parte importante para qualquer negócio. Entender a necessidade de terceirizar os serviços contábeis do seu condomínio para uma empresa especializada é essencial.

Realizar uma análise tributária e controle financeiro minuciosos irá acarretar em uma economia perceptível. É, inclusive, a forma mais recomendada e eficiente para conquistar o equilíbrio das contas a longo prazo. Será possível reduzir as despesas do condomínio com impostos e construir um planejamento tributário adequado à realidade da sua administração.

Gostou das dicas? Não deixe de comentar!

Se ainda tiver dúvidas, fale conosco. Será um prazer atendê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *